PROJETOS MYP

Desenvolvido no MYP4, o projeto comunitário concentra-se na comunidade e em serviço, e incentiva os alunos para que explorem seu direito e sua responsabilidade de programar serviço como ação, na comunidade. O projeto comunitário oferece aos estudantes a oportunidade para que desenvolvam consciência das necessidades em várias comunidades, e abordam tais necessidades, por meio de aprendizado em serviço. Como consolidação do aprendizado, o projeto comunitário engaja, em uma investigação sustentada e profunda, que leva ao serviço, como ação na comunidade. O projeto comunitário pode ser concluído individualmente ou em grupos de, no máximo, três alunos.


No MYP5, o projeto pessoal incentiva os alunos para que pratiquem e fortaleçam suas abordagens às habilidades de aprendizado (ATL), consolidem o aprendizado específico de cada assunto, e se desenvolvam em uma área de interesse pessoal. O projeto pessoal oferece uma excelente oportunidade para que os alunos produzam um resultado verdadeiramente pessoal e, muitas vezes, criativo, e demonstrem uma consolidação de seu aprendizado, no MYP. O projeto oferece muitas oportunidades para a diferenciação de aprendizado e expressão, segundo as necessidades individuais dos alunos. A natureza pessoal do projeto é importante; o projeto deve dizer respeito a um desafio que motive e interesse o aluno, individualmente. Cada aluno desenvolve um projeto pessoal, independentemente.


O projeto comunitário e o projeto pessoal enfatizam o aprendizado por experiência, que é desenvolvido na comunidade e no serviço no DP. Por meio dos projetos do MYP, os alunos vivenciam a responsabilidade de concluir um trabalho importante, durante um longo período de tempo, bem como a necessidade de refletir sobre o seu próprio aprendizado e os resultados de seu trabalho - habilidades fundamentais que preparam os alunos para o sucesso na continuação de seus estudos, no local de trabalho e na comunidade.

Ação e serviço sempre têm sido valores compartilhados da comunidade IB.

Os estudantes IB procuram ser membros interessados da comunidade, que demonstram um compromisso pessoal com o serviço, e atuam para fazer uma diferença positiva nas vidas de outras pessoas e no meio ambiente. As escolas IB por todo o mundo valorizam o serviço aos outros como sendo uma maneira importante de se envolver em ações motivadas por princípios, em uma série de comunidades que se sobrepõem, localmente e globalmente. Com ações responsáveis, fortemente conectadas com pesquisa fundamentada e reflexão crítica, os jovens e adultos conseguem desenvolver os tipos de atributos descritos pelo perfil do aprendiz, atributos que são essenciais para o sucesso em futuros passos acadêmicos e para a vida adulta.

Os estudantes agem quando aplicam o que estão aprendendo na sala de aula e além dela. O serviço requer que os estudantes sejam capazes de estabelecer conexões autênticas entre o que aprendem na sala de aula e o que encontram na comunidade. Quando conectada ao aprendizado na sala de aula, a experiência do serviço oferece oportunidades para aplicar conceitos, habilidades e conhecimento. Os estudantes exploram a comunidade em sua complexidade, e, ao mesmo tempo, obtêm discernimento pessoal e se tornam mais confiantes e responsáveis. Por meio do serviço, como ação, eles se tornam “atores” no “mundo real”, fora da escola.